31 de jul de 2007

Mar do Sul

Mar
metade da minha alma é feita
de maresia
Sophia















































Mértola a Sul
onde desembarco
com sabor a sal

Mértola
onde aportei
há mil anos
marinheiro tatuado
almocreve
príncipe
faqîr
salteador
tangendo alaúde

Mértola a Sul
entre tamareiras, camelos
e papoilas
reencontrei, sedento
a tua boca de jasmim
onde cabe a sensualidade
do mundo
na suavidade da cal

Mértola
onde regresso
para escrever a página
em branco
no livro do destino

Nenhum comentário: