9 de mai de 2010

"PREC Cantar a Revolução no Alentejo" em Beja

A Exposição "PREC Cantar a Revolução no Alentejo" em itinerância vai estar na Biblioteca Municipal de Beja José Saramago de 10 a 22 de Maio.
No dia da inauguração acontece Canto, Música, Poesia conforme refere o programa.
Para os(as) amantes da Beleza e da Utópia aqui fica o convite!

À Memória de Federico García Lorca




I


Uma menina anuncia


num búzio limpo de tempo


que Federico vem chegando


num poema azul


dito por um cigano.






Vem sonhando,


mais leve que uma sombra,


infância seu regresso:


coração verde de pomba


feito verso.






Vem como se fosse:


flor, nascimento,


gesto fresco e puro


ternura encantamento.






II


Quem não é poeta


tenta


mas não inventa


o estar lá


não estando:


sortilégio dado


no momento


em que se mostra


o deslumbramento:


- criança debruçada


no rosto duma pomba


ouvindo uma guitarra


imaginada


ao sabor do vento.


(José da Fonte Santa, 1925-1998, in Magia Alentejana Poesia e Desenhos e  Antologia Poetas Alentejanos do Século XX,  Poema do cartaz oficial da Homenagem a Federico Garcia Lorca, realizada em Setúbal, em 1986, no cinquentenário da sua morte)



 
 


plenitude

Serenamente, tão serenamente


como a folha que cai da azinheira


no Verão sem brisa, ao fim da tarde


ponho as mãos no teu rosto



Chamas-me Plenitude!


não tenho mais que esse momento


               
                (Maria Lascas, in plenitude)

Nenhum comentário: